Buscar
  • CARAVANA DE LUZ EDITORA

Dia Internacional da Mulher

Por Angelina Freitas

No dia 08 de março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher.


Em um mundo no qual ainda existem culturas e conceitos que consideram a mulher como um ser inferior ao homem e levam a mulher a ter condições de vida muitas vezes desumanas, essa data é de extrema importância.


É um momento de todos se lembrarem do respeito à mulher, da igualdade de direitos entre os sexos.


Mas qual o significado dessa igualdade de direitos? Jesus nos disse: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mateus 22:39). Ao apresentar essa afirmativa, não diferenciou o sexo do próximo, nos exemplificando como entender essa igualdade de direitos. Contudo, igualdade de direitos não implica em igualdade dos seres. As leis divinas são as mesmas para todos, mas biologicamente e psicologicamente, homens e mulheres são diferentes.


No capítulo VII do livro “No Invisível” (peça em nossa livraria), Léon Denis nos alerta para o fato de que, “sob a denominação de feminismo, um certo movimento se acentua legítimo em seu princípio, exagerado, entretanto, em seus intuitos; porque, ao lado de justas reivindicações, enuncia propósitos que fariam da mulher, não mais mulher, mas cópia, paródia do homem. O movimento feminista desconhece o verdadeiro papel da mulher e tende a transviá-la do destino que lhe está natural e normalmente traçado. O homem e a mulher nasceram para funções diferentes, mas complementares [...]”.


Esta e outras referências que podem nos ajudar a esclarecer este assunto se encontram no livro “Investigando o Livro dos Espíritos: Guia de Estudos Espíritas(adquira agora), a partir da página 535. Estudemos e reflitamos.




#DiaInternacionalDaMulher; #mulher; #igualdade; #IgualdadeDeDireitos; #direitos; #InvestigandoOLivroDosEspiritos; #ColecaoIluminar; #RespeitoAMulher; #respeito; #OPapelDaMulher; #OPapelDaMulherNaVisaoEspiita; #CaravanaDeLuzEditora; #NoInvisivel; #LeonDenis; #LeisDivinas; #justiça;

COPYRIGHT 2015. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A CARAVANA DE LUZ EDITORA. 

 

Créditos do Site: Luciana De Carvalho