Buscar
  • CARAVANA DE LUZ EDITORA

Nascimento de César Lombroso

Por Angelina Freitas


“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” Jesus [1]


“A mediunidade é fanal de bênçãos através do qual a Providência se utiliza para o aprimoramento moral e intelectual da criatura humana. Com ela, as sombras da ignorância se dissipam, abrindo nossa visão para novos horizontes de entendimento... Através dela, angústias são consoladas ante o esclarecimento e o amparo, lágrimas são estancadas, litígios sanados, perturbações

de variada ordem encontram paz e sossego...” [2]



De inteligência aguçada, demonstrada desde a mais tenra idade, nasce em 6 de novembro de 1835, na cidade italiana de Verona, o médico e cientista Cesare Lombroso. Com apenas doze anos, escreveu o livro “Grandeza e Decadência de Roma”, cujo conteúdo surpreendeu a todos os intelectuais de sua época. Aos quatorze anos, escreve um artigo acerca da obra de Paolo Marzolo, médico italiano, que ficou muito surpreso com a inteligência precoce de Lombroso. Graduou-se em medicina aos 23 anos, dedicando-se à psiquiatria e à antropologia, sendo reconhecido como pioneiro no tratamento humanizado de doentes mentais, tendo introduzido trabalhos manuais e diversões coletivas, servindo de modelo para a psicoterapia atual.


Pesquisador incansável escreveu diversas obras científicas no campo da medicina legal, psiquiatria e criminologia. Ao tomar conhecimento dos fenômenos espíritas, negou-os a princípio, chegando mesmo a ridicularizar os médiuns. Convidado insistentemente pelo Conde Ercole Chiaia a presenciar uma reunião mediúnica, para provar-lhe ou negar-lhe a veracidade, comparece a algumas sessões com a médium Eusápia Paladino, impondo diversas condições para estudar o fenômeno. Após observações rigorosas e vencido pelos fatos incontestáveis, admite no Espiritismo campo vasto para pesquisas à luz da Ciência.


Lombroso, leal e verdadeiro, numa carta dirigida ao professor Ciolfi, publicada na “Tribuna Giudiziaria”, em 15 de julho de 1891, com a sua autorização, confessava: “Estou muito envergonhado e desgostoso por haver combatido com tanta persistência a possibilidade dos fatos chamados espiríticos; digo fatos, porque ainda continuo contrário à teoria. Mas os fatos existem, e eu me orgulho deles ser escravo [3].



Após inúmeras pesquisas utilizando métodos científicos minuciosos, passa de crítico ferrenho a defensor do Espiritismo, ao constatar a autenticidade dos fenômenos mediúnicos. Em 1902, na casa da Condessa Celésia, assiste à materialização do Espírito da própria mãe, que lhe beija na face, jogando por terra sua incredulidade na imortalidade da alma e a possibilidade de sua manifestação no mundo físico. Acerca desse fenômeno, afirma Allan Kardec na obra básica: “O Espírito, que quer ou pode fazer-se visível, reveste às vezes uma forma ainda mais precisa, com todas as aparências de um corpo sólido, ao ponto de causar completa ilusão e dar a crer, aos que observam a aparição, que têm diante de si um ser corpóreo. Em alguns casos, finalmente, e sob o império de certas circunstâncias, a tangibilidade se pode tornar real, isto é, possível se torna ao observador tocar, palpar, sentir, na aparição, a mesma resistência, o mesmo calor que num corpo vivo [...]” [4].


Convicto da seriedade da Doutrina Espírita e sempre fiel ao método experimental, lega à posteridade um grande acervo de pesquisas científicas confiáveis acerca do assunto. Defendeu a veracidade da Doutrina Espírita até sua desencarnação em 19 de outubro de 1909. Relatou os estudos realizados na obra “Pesquisas sobre os fenômenos hipnóticos e espíritas” [5], na qual descreve as experiências mediúnicas realizadas com as médiuns de efeito físico Eusápia Paladino, Elizabeth D’Esperance e Politi.


Por ocasião de mais uma comemoração de nascimento do incansável pesquisador espírita Cesare Lombroso, a CARAVANA DE LUZ EDITORA nos convida a estudarmos essanova ciência que vem revelar aos homens, por provas irrecusáveis, a existência e a natureza do mundo espiritual, e suas relações com o mundo corporal[6], seja por meio das obras publicadas até então [7] ou associando-nos ao CLUBE DO LIVRO [8].


Com uma assinatura mensal ou bimestral, receberemos, confortavelmente em nossa casa, obras espíritas de estudos ou romances, cuja leitura edificante nos ilumina a alma. Com essa adesão, estaremos também cooperando com os trabalhos de promoção social da AÇÃO SOCIAL CARAVANA DE LUZ (ASCL) – JARDIM DAS BORBOLETAS, entidade sem fins lucrativos que desenvolve projetos educacionais e socioassistenciais [9].


Escutemos a alertiva de O Espírito de Verdade: “Espíritas! Amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo” [10].



[1] João 8,32

[2] RODRIGUES JR, Adail Sebastião. Receitas de Amor e Paz, por Espíritos diversos. Capítulo: Acerca da mediunidade.

[3] Site Autores Espíritas Clássicos, https://bit.ly/3mP0nir.

[4] KARDEC, Allan. O Livro dos Médiuns (peça em nossa livraria). Parte segunda. Capítulo VI: Das manifestações visuais, item 104.

[5] O original italiano “Richerche sui fenominihipnotici espiritici”, edição 1909, foi traduzido para o português no Brasil com o título “Hipnotismo e Mediunidade” por Almerindo Martins de Castro, editado pela FEB, Rio de Janeiro, 1ª edição, e por Carlos Imbassahy, com o título “Hipnotismo e Espiritismo”, editado pela LAKE, São Paulo.

[6] KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo (peça em nossa livraria). Capítulo I: Eu não vim destruir a lei, item 5.

[7] Publicações da Caravana de Luz Editora: Com quem tu andas?; A Casa de Dois Mundos; Evangelizar à luz do Espiritismo; Escrevendo Palavras, Modificando Conceitos; Receitas de Amor e Paz; Receitas de luz e Renovação e a COLEÇÃO ILUMINAR (Evangelho e Parábolas segundo o Espiritismo; Investigando O Livro dos Espíritos e Sondando o Extraordinário em O Livro dos Médiuns), cujos livros oferecem referências bibliográficas confiáveis para o estudo das OBRAS BÁSICAS KARDEQUIANAS.

[8] https://www.caravanadeluzeditora.org.br/clube-do-livro

[9] https://www.jardimdasborboletas.org.br

[10] KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo. Capítulo VI: O Cristo Consolador, item 5.




#CaravanaDeLuzEditora; #CésarLombroso; #LombrosoeEspiritismo; #CiênciaEspírita; #espiritismo; #DoutrinaEspírita; #mediunidadeebençãos; #mediunidade; #fenômenosmediúnicos; #manifestaçõesmediúnicas; #fenômenosespíritas; #médiuns; #ClubedoLivroCaravanaDeLuz; #estudosespíritas;