top of page
logo-caravana-de-luz-editora-oficial.png
  • Fanpage Caravana de Luz Editora
  • Canal Youtube Caravana de Luz Editora
  • Instagram Caravana de Luz Editora
Buscar
  • Foto do escritorCARAVANA DE LUZ EDITORA

A Gênese e o espaço e o tempo

Pela Equipe de Comunicação e Marketing


E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. – João 8,32

 

Por esse livro, como vos disse, o Espiritismo entra numa nova fase e esta preparará as vias da fase que mais tarde se abrirá, porque cada coisa deve vir a seu tempo. Revista Espírita (1868) – Espírito São Luís – Médium Sr. Desliens.


A 5ª obra, do chamado Pentateuco Kardequiano, é A Gênese – Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo (peça em nossa Livraria). Lançada em 6 de janeiro de 1868, completa, neste ano de 2024, 156 anos.



Disse Kardec, em seu frontispício, que A Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


Observamos que um dos objetivos de A Gênese é tratar questões de ordem filosófica e científica, como as da criação do Universo, a formação dos mundos, o surgimento do Espírito segundo o paradigma de compreensão da realidade. Também faz uma apreciação dos milagres, como fatos naturais regidos por leis ainda desconhecidas ou pouco estudadas pela Humanidade. Aborda, ainda, a teoria da presciência e comenta as predições contidas na Boa Nova de Jesus. E finaliza com uma advertência (suavizada por palavras de esperança, de otimismo e de fé), alertando-nos para os graves acontecimentos de nossa época de transição planetária e para a necessidade de renovação e enquadramento individual, considerando a Lei de Progresso, Lei a que todos estamos submetidos.


Ensinamentos da 1ª parte da A Gênese, no capítulo 6, intitulado Uranografia Geral.

Compromissos esses que surgem de nossos desejos de melhoria interior, geralmente acompanhados de um planejamento a ser cumprido no Ano Novo.


O mencionado capítulo 6, afirma Kardec que “o espaço é infinito” e que o tempo “é a sucessão das coisas. Está ligado à eternidade, do mesmo modo que as coisas estão ligadas ao infinito”. E ainda assevera: “a eternidade não é suscetível de medida alguma, do ponto de vista da duração; para ela, não há começo, nem fim: tudo lhe é presente. Se séculos de séculos são menos que um segundo, relativamente à eternidade, que vem a ser a duração da vida humana?!” Acrescentamos: que vem a ser a duração de um ano em nossas cogitações?!


O Espírito Vinícius nos ensina algumas lições, no capítulo Ano Novo, do livro Na Seara do mestre (peça em nossa Livraria). Vejamos:


[...] O tempo, qual o concebemos, não passa de uma ilusão. Não há tempos novos, nem tempos velhos. O tempo é sempre o mesmo, porque o tempo é a eternidade. Todas as mudanças que constatamos em nós e em torno de nós são produtos da transformação da matéria. Esta, realmente, passa por constantes modificações. A mutabilidade é inerente à matéria e não ao tempo. [...]


[...] Nascemos, crescemos, atingimos as cumeadas do desenvolvimento compatível com a natureza do nosso corpo. [...]


O Espírito é tudo. Por ele, e para ele, é que as moléculas se agrupam, se associam, tomando forma, neste ou naquele meio, na Terra ou em outras infinitas moradas da casa do Pai, que é o Universo.


Na eternidade e na imensidade incomensurável do espaço, o Espírito se agita procurando realizar o senso da Vida, que é a evolução. Para consumá-la, percorre as incontáveis terras do Céu. Veste e despe centenas de indumentos, assumindo milhares de formas e aspectos.


A matéria é seu instrumento, e o meio através do qual ele consegue a sua ascensão ininterrupta.


Nada significam, portanto, os anos que passam e os anos que despontam nos calendários humanos. O importante na vida do Espírito são as arrancadas para a frente, são as etapas vencidas, o saber adquirido através da experiência, e as virtudes conquistadas pela dor e pelo amor. O que denominamos passado é apenas a lembrança de condições inferiores por onde já transitamos. De outra sorte, o futuro não é mais que a esperança que nutrimos de alcançar um estado melhor. O presente eterno, eis a realidade.



Compreendemos?


O espaço é onde nos encontramos neste exato momento e o tempo é o instante do hoje, do agora.


Celebremos o Novo Ano, aproveitando o espaço e o tempo, todos os dias, com o objetivo de nos aperfeiçoarmos agora.


De forma sincera, a Caravana de Luz Editora deseja aos nossos leitores e às nossas leitoras uma boa trajetória de educação e de iluminação do ser [1]. Visitem nossa página, enamorem-se de nossas obras, das quais destacamos Ser ou não ser político? Pensando política à luz do Espiritismo. As obras de nossa Editora são o nosso desejo sincero de nos assumirmos como “herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo” [2].





[1] Ver capítulo 5, de Pensamento e vida, e questão 220, de O Consolador (peça em nossa livraria), ditadas por Emmanuel e psicografadas por Francisco Cândido Xavier.

[2] Paulo – Romanos 8,17.





Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page