Buscar
  • CARAVANA DE LUZ EDITORA

Respostas e consolações para a vida: Léon Denis e a filosofia espírita

Por André Azevedo

O grande pensador e médium Léon Denis.
Léon Denis: o apóstolo do Espiritismo!

Crescit eundo.”


Em latim, “Cresce enquanto caminha”. Expressão colocada por León Denis abaixo do título de sua obra “O Problema do Ser, do Destino e da Dor”, na primeira edição, de 1908.


A consciência, o eu, é o centro do ser, a própria base da personalidade. Ser uma pessoa é ter uma consciência, um eu que medita, se examina, recorda. Mas, será que se pode conhecer, analisar e descrever o eu, suas camadas misteriosas, suas forças latentes, seus germes fecundos, suas atividades silenciosas? As psicologias, as filosofias do passado, em vão, tentaram fazê-lo. Seus trabalhos apenas tocaram de leve a superfície do ser consciente. Suas camadas internas e profundas conservaram-se obscuras, inacessíveis, até o dia em que as experiências do hipnotismo, do Espiritismo, da renovação da memória, finalmente, projetaram alguma luz sobre elas.”

Léon Denis na obra “O Problema do Ser, do Destino e da Dor”, capítulo 4.


Nascido na comuna francesa de Foug em 1º de janeiro de 1846, León Denis era um jovem de 18 anos quando travou contato pela primeira vez com “O Livro dos Espíritos”. Desde aquele momento transformador, o pensador e médium se consagrou, pelo restante de sua longa encarnação de 81 anos, à tarefa de consolidar as bases da Doutrina dos Espíritos e divulgá-la pelo mundo. Em parceria com Allan Kardec e outros colaboradores, desenvolveu amplo trabalho de pesquisa e publicação, voltado principalmente à compreensão das implicações filosóficas e éticas do ensino do Consolador Prometido.


Por meio de livros que se tornaram basilares para o Espiritismo – como “Depois da Morte”, “No Invisível” e “O Problema do Ser, do Destino e da Dor” -, o autor explorou, à luz das Obras Básicas, questionamentos fundamentais discutidos pela Filosofia desde os tempos antigos: Quem somos? Para onde vamos? Por que sofremos? Somos livres para escolher? O que é a felicidade e como alcançá-la?

Com um estilo capaz de aliar racionalidade rigorosa e sensibilidade humanística, Léon Denis nos leva a refletir profundamente a respeito destas e de outras questões por meio das quais temos buscado, desde a aurora da Humanidade, compreender a essência e o significado da vida. Trata-se, sem contradita, de um corpo de conhecimento rico e vasto, cujo estudo nas reuniões espíritas é de fundamental importância.



É sobretudo em momentos de desafio e incerteza – como o que todos estamos hoje vivendo em razão da pandemia da Covid-19 – que importa buscarmos leituras e reflexões que fortaleçam, em nós mesmos, as certezas sobre a imortalidade da alma e sobre o caráter transitório, embora necessário, das aflições humanas, inerentes à nossa condição evolutiva presente. Nesse sentido, a obra de León Denis se revela uma leitura imensamente consoladora e instrutiva.


Com o auxílio desse pensador que hoje homenageamos, por ocasião da passagem de seu aniversário, recordamos que o espírito, em sua jornada evolutiva, “cresce enquanto caminha”, isto é, aprende, ao trilhar repetidas vezes a estrada repleta de vicissitudes da vida material, a descobrir e desenvolver o Eu Superior, a personalidade integral capaz de alçar voos cada vez mais altos rumo ao Pai, sustentado pelas asas do conhecimento intelectual e da virtude moral. Importa, portanto, permanecermos firmes na vivência dos bons propósitos que nos animam, para criarmos, pouco a pouco, as asas de nossa felicidade.





#CaravanaDeLuzEditora; #LéonDenis; #apóstolodoEspiritismo; #pensadorLéonDenis; #médiumLéonDenis; #filosofiaespírita; #Espiritismo; #DoutrinaEspírita; #OLivrodosEspíritos; #livroDepoisdaMorte; #vidapósamorte; #livroNoInvisível; #mediunidade; #livroOProblemadoSerdoDestinoedaDor; #significadodavida; #felicidade; #Covid19;